Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




desabafo matinal

por Miss Fox, em 30.09.16

Estou farta do meu trabalho. Estou cansada. Cansada do excesso de trabalho. Farta das não muito boas condições de trabalho. Saturada com a quase inexistência de colaboração entre departamentos. Farta da não valorização do trabalho que faço. Farta de não ver melhorias salariais. Cansada de incompetências. Farta da exploração por parte das chefias. 

Levanto-me todos os dias e não tenho vontade nenhuma de sair de casa para ir trabalhar. Já sei o que me espera mesmo antes de lá chegar e não tenho nem um pingo de motivação para enfrentar as 8h de stress que sei que vou ter.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Viajar sozinha: sim ou não?

por Miss Fox, em 28.09.16

Viajar ou não sozinha é a minha grande dúvida existencial neste momento. As minhas férias aproximam-se e os planos já foram feitos e desfeitos, as datas já foram alteradas e reorganizadas, o destino foi escolhido e alterado e voltei novamento ao inicio. 

Quero muito sair de Lisboa dois ou três dias no mínimo, fugir da minha rotina, descansar a cabeça (mais do que o corpo), ver algo novo, cultivar-me, tenho essa sede mas neste momento estou com um pé de um lado da questão e outro de outro. Quero ir, acho que consigo fazer isto sozinha mas ao mesmo tempo algo me retrai, sinto um certo receio. Será que consigo mesmo? Será que vai correu bem? Não sei. Penso que sim mas não sei. Não consigo ter uma certeza absoluta que me faça avançar para a compra dos bilhetes. E o tempo passa e tenho uma viagem para organizar que não sei se a consigo fazer...

Nunca fui além de me meter sozinha num avião e ir ao encontro de alguém. Uma coisa é saber que chego ao destino e tenho alguém à minha espera no aeroporto e mesmo que tenha de ficar sozinha durante algum tempo nessa viagem esse tempo vai ser mínimo. 

Ir e estar completamente por minha conta numa cidade totalmente desconhecida para mim é um pouco assustador. Há momentos nas viagens que pensamos "sozinha é que eu estava bem", podemos ir onde queremos e fazer o que queremos sem o escrutínio de outra pessoas, sem o choque de ideias e de gostos e sem discussões de onde comer e que monumentos ver, etc... Esta parte é de facto aliciante mas dar-me conta de que não vou ter ninguém com quem conversar, partilhar ideias e até discutir sobre A ou B assusta-me. A ideia de uma mulher sozinha é pouco recomendável aos olhos da maioria. 

Grrr..... não sei mesmo o que fazer. Sim, não? Fariam? Já fizeram? O que me dizem?

Autoria e outros dados (tags, etc)

hello autunm, let's do it

por Miss Fox, em 22.09.16

Já disse que gosto do outono? Provavelmente há um ano escrevi exatamente o mesmo... Mas é verdade, gosto. É a minha estação, nasci no mês que é considerado o mês do pico do outono, outubro. 

Gosto dos dias amenos, das cores, da sensação de conforto, do início do modo casa+chá+manta, das roupas mais quentinhas mas ainda leves.

Gosto da ideia de recomeço que esta altura do ano me dá, não sei bem porquê mas os maiores acontecimentos que marcam a minha vida deram-se por estas alturas. 

Quero que este outono me traga qualquer coisa nova, boa, algo (ou alguém) que me deixe mais uma marca e de preferência que seja para sempre.

autunm.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

book addict

por Miss Fox, em 21.09.16

Pronto. Já está. Resisti 2 dias mas hoje lá tropecei nele e trouxe-o para casa.

"Viver sem ti" já vive cá em casa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

traveling around | quero mais de ti Porto

por Miss Fox, em 17.09.16

Há uma semana rumei ao norte para um fim-de-semana prolongado naquela cidade a que chamam de Invicta. Porto. O Porto.

Na minha primeira incursão pelo Porto, a minha versão adolescente não morreu nem um pouco de amores pela cidade mas com o passar dos anos a vontade de voltar e de redescobrir a cidade foi aumentando e hoje a minha versão refinada ( não quero ser presunçosa mas acho que estou bem melhor) com quase 30 anos anisava por este momento de reencontro. Pela descoberta dos sítios que me chamam, que vão de encontro ao que sou hoje, à vida que levo e ao que quero continuar a ser. 

Cheguei bem cedo naquela sexta-feira, e ao atravessar a ponte e ter aquela vista foi uma promessa imediata "isto vai ser bom".  - Acho que o facto de ter ido de comboio também deu um toque especial. -

A cidade já estava num ritmo frenético quando cheguei à estação de São Bento o primeiro impacto -além do friozinho - com a rua foi tão "isto é o Porto" .

Foram três dias em cheio, como é óbvio levei a minha listinha de onde ir, o que fazer e onde comer mas também como é óbvio os planos nunca saem à risca e não risquei todos os itens da lista. Mas pensando bem, preciso de um motivo para regressar.

Fiz o obrigatório roteiro turístico, dos Aliados aos Clérigos. Da Cedofeita ao Palácio de Cristal. Da Mouzinho da Silveira à Ribeira. Da Ponte D.Luís a Gaia. Da Casa da Música a Serralves. E tantas mais pedras da calçada que percorri, quase sempre a pé. Fiz km no Porto, mas a meu ver é a melhor forma de conhecer um lugar. 

Descobri tantos sítios fantásticos, outros não consegui ir infelizmente. 

Um cappuccino no Costa. Pequeno-almoço na Casinha Boutique Café. Almoço (com direito a francesinha para quem gosta) no Café Luso. Comprar chocolates na Chocolateria Equador. Tomar um café de frente para a livraria Lello. Espreitar a Feira do Livro num dos locais mais encantadores do Porto com uma vista deslumbrante para o rio Douro. Atravessar a ponte a pé e passear pelo cais de Gaia. Almoço de domingo na Foz.

Poderia dizer tantas mais coisas sobre estes três dias mas acho que dizer que adorei cada pedacinho e que voltei com a sensação de que quero mais é suficiente. Falhei alguns itens da minha lista, daqueles obrigatórios e é quase vergonhoso dizer que não consegui ir aqui e ali mas assim tenho a melhor das desculpas para agendar já a próxima viagem para norte.

Autoria e outros dados (tags, etc)

um ano de Grey

por Miss Fox, em 15.09.16

E de repente passou um ano. Na semana que passou cumpriu-se um ano sobre o lançamento em português do livro Grey de E.L.James. Um ano sobre o passatempo da Lua de Papel que tanto gosto me deu em participar. Um ano sobre a excitação e o sabor da vitória ao ser uma das vencedoras. Um ano sobre o tão esperado dia da festa de lançamento. Um ano sobre um dia que ficara marcado na minha vida e na das minhas colegas de passatempo e agora companheiras de aventuras e de vida (sim, ficámos amigas). 

Muito se disse acerca disto, muita tinta correu na imprensa sobre o assunto. Uns gostam outros nem tanto mas o que é certo é que não me arrependo nem por um segundo de o ter feito e se fosse possível faria novamente. Só nós que participámos sabemos o trabalho que nos deu e o quão bom foi. Um desafio como não há muitos, que nos estimulou a imaginação e a capacidade de improviso bem como o nosso lado mais sedutor.

Passou um ano e olho para trás com nostalgia, foi bom, foi ótimo. 

Um ano depois estou ansiosa, eu e todas as outras fãs, pelo tão esperado Grey II. Que pelo que parece sairá já no próximo ano 2017. No passado dia 10 de setembro (aniversario da personagem Anastasia Steele) a autora publicou na sua página de Facebook as duas primeiras páginas do novo livro para abrir ainda mais o apetite a quem espera pela continuação da história sob o ponto de vista de Mr. Grey.

Para melhorar ainda mais, já temos o tão aguardado trailer de Darker. Confesso, estive a contar os minutos até às 16h (hora do lançamento mundial) para o ver e não me desiludi nada. Gostei das imagens que vi. Estou convicta de que teremos um filme mais a altura do livro do que o que aconteceu com o primeiro. Agora vou me roer até fevereiro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

update

por Miss Fox, em 14.09.16

Lá ando eu a falhar de novo. Já andava tão certinha em vir ao blog e escrever alguns posts, depois de uma longa ausência, e agora há já uma semana que não dou a cara.

A razão é muito simples, muito trabalho e muito pouco tempo disponível e uma coisa bastante incomodativa chamada cansaço. Ah... e pelo meio dei uma escapadinha ao Porto no fim-de-semana. 

Prometo que nos próximos dias vou contar como foram os meus três dias pela Invicta, por onde andei, o que vi, o que comi...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

happy b-day Sapinho

por Miss Fox, em 04.09.16

21 anos de Sapo nas nossas vidas! Este batráquio verde anda a revolucionar as nossas vidas online há já 21 anos, parece incrível que já tenha passado tanto tempo.

Ao Sapo que nos dá noticias, novidades, música, lazer, culinário, meteo e tantas outras coisas muitos parabéns e obrigada por dares esse tom verde ao nosso dia-a-dia.

Faço parte da família sapo, mais concretamente Sapo Blogs, há 1 anos e 8 meses e não poderia estar mais feliz com a minha escolha, que não foi exatamente uma escolha. Quando decidi que era altura de criar o blog nem pensei sequer em que plataforma o faria, foi imediato vir para o Sapo e não tenho dúvidas de que foi o melhor. 

Obrigada e parabéns 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


A Miss

foto do autor


Onde estou


Follow



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.





Translate me



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Informação

Os posts deste blog são da autoria de Miss Fox e a sua utilização sem a devida autorização é expressamente proibida. Qualquer informação exterior ao blog está identificada com a respetiva fonte. As imagens utilizadas são maioritariamente retiradas da internet.

live, love, laugh