Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



b-day | almost 30

por Miss Fox, em 17.10.16

E pronto já passou. Mais um ano. Mais um aniversário. 

Ontem celebrei mais um ano de vida, já mencionei inúmeras vezes o facto de não gostar do meu dia de aniversário, de ser deprimente e melancólico. Mas este ano foi diferente, apesar de os planos terem saído um bocadinho furados, o resto foi o melhor que podia ter sido. Tive junto a mim as pessoas que importam, os que não estiveram presentes não são menos mas aqueles são parte de mim. Resolvi um fantasma antigo, que deixou de ser fantasma e se tornou real. Uma realidade com cheiro, toque, calor, cumplicidade... 

Acho que pela primeira vez não fiz balanços. Olhei apenas para as possibilidades do amanhã. 

Foi um ano em cheio, podia tê-lo sido ainda mais mas o que foi, foi e o que virá, virá.

E o facto de ter tido o melhor bolo de sempre já fez valer a pena ter acrescentado mais um ano à conta.

14711498_1793869017560526_1018943200992571074_o.jp

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

desabafos matinais | 2

por Miss Fox, em 14.10.16

Sexta-feira. Dia perfeito de outono cheio de sol. Estou de férias finalmente - mas é só hoje -.

14 de outubro marca o calendário e isso diz-me que estou a menos de 48 horas de acrescentar mais um ano à minha vida. Há muito que deixei de gostar do meu aniversário, nem sei bem se algum dia gostei dele, talvez sim. Mais um aniversário significa o fim de um ciclo e o início de outro. É como que uma morte e um renascimento. Para mim é impossível não fazer balanços, não pensar em mais um ano que passou em que não consegui dar os passos que queria, mas um ano que passa e a sensação de desperdício, de fracasso paira sempre. Fiz muitas coisas este ano, dei muitos passos em frente e, alguns atrás também, mas a sensação de "aquém" tem um peso brutal. Não sei por que fico sempre com esta depressão, esta ideia fixa. 

Este ano vai ser um aniversário diferente. Sei que vai. Não sei se será positivo ou negativo o que vai vir mas pelo menos vai-me libertar de um fantasma. 

Estou apavorada mas não há volta a dar... 

Autoria e outros dados (tags, etc)

chuva de outono, maças e canela

por Miss Fox, em 12.10.16

Noites frescas de outono. Gosto. Noites de chuva. Gosto. O cheiro das primeiras chuvas da estação. Gosto. Ir para a cozinha rodeada de maças e canela e magicar algo enquanto a chuva desaba lá fora. Gosto. 

E podia ser sempre assim, tranquilo, simples e fácil.

Autoria e outros dados (tags, etc)

my sweet october

por Miss Fox, em 01.10.16

Olá outubro. E aí estás tu... de novo. O último correu e mais uma vez nos encontramos. Tu que és o meu mês. Tu que me trazes um misto de sentimentos. A ti que te adoro mas que me deitas sempre um pouco abaixo. Culpa minha, eu sei.

Gosto tanto de ti, da forma como soa pronunciar o teu nome, de seres o único O do calendário, da tua temperatura sempre agradável e até da tua instabilidade. Gosto do teu conforto, das cores que trazes, dos sabores, dos cheiros... ah... castanhas assadas. 

Trazes-me mais um ano, mais em que pensar, objetivos não cumpridos, novas metas para alcançar. 

És meu, gosto de ti com todos os teus contornos. Dá-me 31 dias de memórias para guardar, das que valem a pena.

Olá, bem-vindo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

desabafo matinal

por Miss Fox, em 30.09.16

Estou farta do meu trabalho. Estou cansada. Cansada do excesso de trabalho. Farta das não muito boas condições de trabalho. Saturada com a quase inexistência de colaboração entre departamentos. Farta da não valorização do trabalho que faço. Farta de não ver melhorias salariais. Cansada de incompetências. Farta da exploração por parte das chefias. 

Levanto-me todos os dias e não tenho vontade nenhuma de sair de casa para ir trabalhar. Já sei o que me espera mesmo antes de lá chegar e não tenho nem um pingo de motivação para enfrentar as 8h de stress que sei que vou ter.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

hello autunm, let's do it

por Miss Fox, em 22.09.16

Já disse que gosto do outono? Provavelmente há um ano escrevi exatamente o mesmo... Mas é verdade, gosto. É a minha estação, nasci no mês que é considerado o mês do pico do outono, outubro. 

Gosto dos dias amenos, das cores, da sensação de conforto, do início do modo casa+chá+manta, das roupas mais quentinhas mas ainda leves.

Gosto da ideia de recomeço que esta altura do ano me dá, não sei bem porquê mas os maiores acontecimentos que marcam a minha vida deram-se por estas alturas. 

Quero que este outono me traga qualquer coisa nova, boa, algo (ou alguém) que me deixe mais uma marca e de preferência que seja para sempre.

autunm.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

a minha vida encaixotada

por Miss Fox, em 23.08.16

Mudar de casa significa enfiar em caixas, sacos, malas e afins as nossas tralhas, a roupa e tudo aquilo que, apesar de serem apenas objectos, faz parte de nós e nos define até um pouco como pessoa como é o caso dos objetos de decor, dos livros...

Empacotar, encaixotar é a ordem de trabalhos. E é algo com que ando a lidar há cerca de duas semanas, altura em que achei que o melhor era começar a organizar tudo já que a mudança era inevitável. Assim que comecei a esvaziar armários, gavetas, prateleiras e a casa começava a ficar um pouco vazia daquilo que a fazia minha senti um vazio, algo estranho que me disse "esta já não é a tua casa". Já não me sentia em casa, já não me sentia confortável. O frigorífico começou a ficar semi-vazio. A panóplia de produtos de higiene pessoal/beleza desapareceram da casa-de-banho. Os livros deixaram a secretária nua. 

Hoje, tenho caixas e malas espalhadas pelo quarto, pelo corredor. Grande parte das coisas já estão arrumadas e apenas o essencial se mantém à vista e algumas coisas que não sei ao certo onde as colocar. 

E ao olhar para este cenário todos os dias a sensação de estranheza aumenta cada vez mais. Não empacotei apenas objetos e roupas. Empacotei a minha vida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

o efeito fantasma

por Miss Fox, em 14.06.16

Pois é. Continuo em reclusão. 

A vontade para escrever continua ausente algures entre o meu inconsciente e o sub-consciente. E é só mesmo isso que não tenho, vontade de escrever. Venho aqui espreitar, venho ler-vos em modo fantasma mas venho. 

Já não posso argumentar a falta de tempo visto que estou de férias há alguns dias e continuarei a estar. Falta de paciência, imaginação, sim talvez. 

Portanto ando sob uma espécie de efeito fantasma, que para já não me incentiva nem um bocadinho a escrever - algo minimamente de jeito por assim dizer -. Mas mesmo fantasma: Também fui à feira do livro - só não tinha nada para escrever sobre isso-. Terminei há dias um fantástico livro de que vos quero falar mais à frente. Ainda não fui à praia - porque o São Pedro não é amigo das minhas folgas e pelos vistos o meu organismo também não -. Hoje muito provavelmente será o dia em que irei finalmente à Magnum Pleasure Store - devo ser a única que ainda não foi -. 

Enfim... Assim vão os dias aqui deste lado.

Autoria e outros dados (tags, etc)


A Miss

foto do autor


Follow



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.





Translate me



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Informação

Os posts deste blog são da autoria de Miss Fox e a sua utilização sem a devida autorização é expressamente proibida. Qualquer informação exterior ao blog está identificada com a respetiva fonte. As imagens utilizadas são maioritariamente retiradas da internet.

live, love, laugh